CUIDAR DA ESSÊNCIA DURANTE AS URGÊNCIAS

Quando estamos em meio aos turbilhões das urgências cotidianas,  não é incomum perdemos exatamente aquilo que não poderia ser perdido, a essência. A velocidade, a pressa, a ansiedade, a agitação, o tumulto,  nos distanciam dos valores essenciais para o bem viver e bem conviver. Quando o entorno de nós se agita, tudo se agita e corremos o risco de perder o mais importante em nossas vidas e nossas relações. Perdemos o sentido, o essencial, esquecemos daquilo que norteia a nossa vida. Perdemos a paz, perdemos a Paz de nosso “Espírito”. Ter clareza do que estamos fazendo ou pensando, do que queremos ou não queremos, estar atento aos nossos gestos e tom de voz, atentos ao corpo e às emoções, para não negligenciarmos a essência de nossa vida. Esta é uma atitude a ser cultivada momento a momento, senão corremos o risco de “ perder o essencial por causa do urgente e esquecer a urgência do essencial.” Edgar Morin

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *