CUIDADO COM O MEDO

O medo está na origem dos instintos mais primitivos do seres humanos, que estimulam as amígdalas cerebelares que por sua vez, acionam mecanismos cerebrais para respostas rápidas e imediatas de luta/fuga. Estes mecanismos são fundamentais para garantir a sobrevivência diante de ameaças e foram importantíssimos para os primeiros humanos da época pleistocena, protegendo-os de situações fatais e perigosas.Contudo, em nossos tempos, quando o cérebro humano utiliza o medo em momentos inoportunos, pode gerar situações bastante desastrosas. Quando há exageros na interpretação da realidade, o medo deturpa os acontecimentos, distorce os pensamentos, criando cenários inexistentes que acionam mais medo e portanto, respostas reativas, impulsivas e agressivas. O cultivo de um estado de presença e consciência plena, é fundamental para uma vida saudável. O cultivo de uma mente não distraída mas atenta aos acontecimentos no presente, uma mente desperta, que tenha bom senso e discernimento, não se deixa enganar com os falsos pensamentos. Saber reconhecer entre uma corda e uma cobra. O  cultivo de uma consciência que reconhece o valor das emoções positivas e sabe se perceber  quando é tomada por emoções destrutivas, é a cada dia fundamental para manter uma corpo saudável, uma mente saudável e uma presença dignificante em seu viver e conviver. Portanto, cuidado com os medos criados pelo mundo externo, pelas memórias recorrentes que não condizem com a realidade do momento presente. Atenção!

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *