CUIDADO COM AS NARRATIVAS …

Cuidado com as narrativas que fazemos! Cuidado com os pensamentos articulados com a nossa imaginação, que insistem em rebaixar a potência da vida. Nossa vida é curta e rápida, então, por que se perder em narrativas que despotencializam a vida perdendo o criativo, o interessante, o ativo da vida? A nossa vida depende em grande parte das narrativas que construímos para nós mesmos e por consequência, para o mundo, e isto só depende de nós. A nossa vida pode ser extraordinária, mas, depende das narrativas, do modo como vivemos esta vida.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *