CORRESPONSABILIDADE

As idéias individualistas, de que estamos separados uns dos outros, do cada um por si, além de entorpecer as relações no viver em comunidade, obscurece nossa visão de integralidade e interdependência e ainda, nos faz acreditar que não precisamos de ninguém, alimentando uma certa prepotência individual e coletiva. Mergulhados neste cenário, não assumimos responsabilidades pessoais e nem sociais, a empatia enfraquece, o espírito  de solidariedade, de cooperação e participação se dissolvem em discursos que justificam ideologias. Todo viver junto, todas as relações gregárias se estabelecem a partir da consciência de um sujeito responsável. O conceito de corresponsabilidade é fundamental para uma sociedade que tenha a justiça e a equidade como valores fundamentais. O processo democrático depende de sujeitos que assumem responsabilidades sociais, se colocando como membro atuante na sociedade a qual pertence e portanto, corresponsável com o todo de forma igualitária. Uma sociedade que caminha na direção da igualdade e da justiça social, depende do sujeito/cidadão que atue de forma responsável nos espaços sociais que ocupa nesta sociedade. A educação para a corresponsabilidade é fundamental para um  “bem viver bem”. Uma comunidade de direitos e deveres se estabelece por relações  pautadas na cooperação e corresponsabilidade, afinal todos igualmente co-existem e portanto, são co-dependentes. Se algo acontece de bom ou de mal à comunidade a qual pertenço, certamente as consequências favoráveis ou desfavoráveis irão me afetar, portanto, sou responsável pelas escolhas que faço. Pensar antes de agir é salutar e necessário para uma vida comunitária.

Abraços    ****

Vivi

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *