CORAGEM E RENÚNCIA

O alicerce da coragem é a superação das crenças equivocadas, das dúvidas destrutivas.  Ser corajoso é aprender a estar no presente de cada presente no viver, abandonando uma mente que  está colada a um  passado que foi, ou a um futuro que nem sabemos se virá. A coragem portanto, comporta a renúncia, o desistir do prazer das distrações, de uma mente que vaga sem destino por qualquer lugar, apenas pelo prazer do devaneio.  Estar presente em cada passo, em cada escolha, em cada hoje, é um exercício de disciplina interior alimentado pela coragem da entrega em humildade a si mesmo.  Quando superamos a dúvida e as crenças equivocadas e com elas a preguiça que obstrui os caminhos da atenção, a coragem ganha “força”, ou melhor, se enobrece.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *