CONVERSAS DA MENTE

Muitas vezes, quando se fala em distrações que dificultam a execução de uma determinada tarefa, as pessoas se referem aos ruídos e estímulos externos. Depositam neles a responsabilidade pela falta de concentração. Dizem que, quando as pessoas falam à sua volta não conseguem pensar. OK! Esta afirmação não deixa de ter sentido, afinal pensar em meio à muitas vozes que tagarelam sem parar, já é em si um imenso obstáculo para a sustentação de um foco atencional. Porém, o grande elemento que impede o foco da atenção e compromete a concentração quando vamos realizar uma determinada tarefa, não é exatamente, ou só, os ruídos externos do ambiente, mas, o grande ruído interno das inúmeras vozes internas da nossa mente. Enquanto não conseguirmos cessar estas vozes internas, não teremos condições de concentrar a mente. As vozes da mente impedem a concentração, gerando cansaço e frustração. Estar atento a elas e encontrar recursos para silenciar a mente, é uma bela tarefa para uma vida, para quem quer acessar a sua verdadeira natureza com todo o seu potencial, criativo, cognitvo e sensível.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *