CONSTRUIR DENTRO PARA VER E COMPREENDER

“Segui o rastro das origens. Então, me tornei estranho a todas as venerações. Tudo ficou estranho à minha volta… Mas isso, no fundo de mim,que pode reverenciar, surgiu em segredo. Então, começou a crescer a árvore à sombra da qual me sento, a árvore do futuro” Nietzsche.  Reverenciar- talvez seja ainda preciso aprender a cultivar este sentimento e com ele a gratidão, o encantamento pela vida. Retornar à misteriosa e intensa sincronicidade do vivo entre as suas  origens, a sua essência no existir e o crescer e maturar, que se constrói a cada momento do viver, se houver boa vontade e presença. É o estado de bem- aventurança, como sentimento primordial do ser humano, quando ele se coloca em sintonia com a sua alma e a “alma” do Universo. Agora, sim é possível reconhecer no mais íntimo de si, o florescer da árvore da existência. Sem um dentro, não haverá olhos para enxergar a plenitude da vida como ela é: simplesmente Bela.

Abraços    ****

Vivi

Uma ideia sobre “CONSTRUIR DENTRO PARA VER E COMPREENDER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *