CONFIANÇA COMEÇA COM AUTO CONFIANÇA

Se é que estamos vivendo uma crise, ela tem um nome: Confiança. Estamos empobrecidos de espaços confiáveis. As relações tendem a se desertificarem por ausência de confiança. Pendemos então para o medo e com ele, os contratos de uma burocracia desprovida de qualquer garantia. Sem confiança temos medo, de tudo e de todos. Neste cenário há quem se aproveite para elevar seus lucros, gerando mais medo para obter controle por dependência. Desestabilização! Então, é possível reverter este quadro desolador?  Primeiro passo de uma “receita” , afinal quem não gosta de uma receita de prazer sem esforço de preferência, mas, esta “receita” é diferente. O primeiro passo para se restabelecer a confiança é, a auto confiança. Se a pessoa não confia nem em si mesmo como poderá confiar na outra pessoa? Auto confiança, significa investimento em clareza de percepção, de pensamento, significa coragem para ver a realidade tal como ela é, para poder encontrar as soluções adequadas. Auto confiança, significa atenção, uma pessoa que quer se educar para estar presente em si mesma, desprovida dos subterfúgios das representações, do “faz de conta”. Auto confiança, significa ser verdadeiro, significa querer ver para compreender e então mudar, transformar-se nas pequenas atitudes, no simples pensar, para começar a fazer escolhas pautadas na ética. Ser ético é ser cordial consigo mesmo, no empenho pessoal para agir com discernimento, com transparência. É reconhecer emoções que geram pensamentos e fazem escolhas. Ser auto confiante, é abdicar de um prazer pessoal para priorizar o bem estar do outro, afinal nos construímos juntos e portanto, somos co-dependentes.Ser auto confiante, é ter a capacidade de se colocar no lugar do outro, considera-lo. Esta é uma “receita” que admite desafios, mas, não admite negligência, fingimentos, mentiras, “ajeitações” . Para sairmos desta “crise” terrivelmente violenta,  teremos que querer. Teremos que querer investir numa ampla mudança pessoal, escolher sair do faz-de-conta, para viver a verdade com  honesta amorosidade. Para confiar no outro, confiar nos ambientes, gerando ambientes confiáveis, o primeiro passo é ter auto confiança, é ser auto confiante, com humildade sem miserabilidade, com dignidade e sem arrogância, com determinação e coragem, com a capacidade de disponibilizar potência sem nenhuma prepotência, mas, com toda competência. É ser amoroso consigo para ser amoroso e cordial com o outro e todos os outros, momento a momento, dia-a-dia.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *