COMPANHEIRO …

Companheiro é saber repartir o pão, COM PANE! Sentar-se à mesa e repartir o alimento, é ser companheiro. Será que já aprendemos esta lição ao longo de nossa história civilizatória? Embora que a palavra – companheiro/companheira faça parte do nosso cotidiano, das narrativas e linguagens, ainda presenciamos atitudes contrárias. Fala-se em companheirismo, mas, age-se com egoísmo! Temos sido muito bons em proclamar discursos, em fazer uso de uma moral para ditar regras para condutas morais, mas na práxis, o senso de egoísmo, individualismo, exploração, subjugação do outro ou de outros, ainda impera em nossas relações. Até quando?

Abraços   ****

Vivi

Deixe um comentário