BÚSSOLA ÉTICA

Felizmente hoje pesquisadores, neurocientistas e psicólogos, evidenciam em seus trabalhos que os bebês já nascem com sensibilidade moral. Bebês com três meses de idade preferem “o mais bondoso” representado em fantoches ou brinquedos em pequenas histórias. Crianças com menos de dois anos de idade, mostram generosidade e vontade de compartilhar quando tem oportunidade. Estas pesquisas se ampliam para o âmbito das raízes da empatia. Portanto, há uma predisposição biológica para o carinho e a compaixão segundo inúmeras pesquisas que vem sendo realizadas em diversas universidades. Jerome Kagan, psicólogo da Universidade de Harvard afirma que a bússola ética “é uma característica biológica da espécie humana.” Contudo, o que faz a diferença “é o sorriso” de uma mãe, de pais acolhedores no cuidado diário com as crianças desde o nascimento. Bebês que recebem afeto, são levados no colo com carinho, se desenvolvem melhor do que bebês negligenciados ou separados de seus pais. Para uma criança não importa o cargo que os seus pais possam ocupar ou o grau de escolaridade ou riqueza que seus pais possuem, o que importa para uma criança, para um bebê é o carinho, o afeto, o acolhimento, o aconchego que recebem de seus pais.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *