BONS ENCONTROS

A vida é como ela é, e acontece nos encontros. Encontros de uma pessoa consigo mesma e encontros entre pessoas, que acontecem na presença do viver. Encontros são espaços relacionais que trazem em si a potência das interações, onde a vida pode ser tocada através dos territórios existenciais. Cuidar da qualidade dos ambientes que favorecem encontros confiáveis e vinculares, também faz parte de um propósito de vida no exercício de uma política existencial. Quando o humano pode habitar espaços relacionais mais sensíveis no cotidiano vivido, a potência da vida é imantada no campo de convívio. Construir novas bases de segurança e confiabilidade, em vínculos afetivos, favorece toda a rede de interações. Considera-se aqui a importância da palavra nas narrativas que se estabelecem nas conexões, a importância da arte que mobiliza o sensível entre as pessoas que se encontram, de tal forma que os automatismos defensivos possam ser resignificados em experiências inovadoras e salutares. Bons encontros alimentam o corpo, a alma, a relação e o entorno. São espaços onde operam mudanças significativas no viver e conviver humano.

Abraços    ****

Vivi

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *