AS COISAS MAIS SIMPLES

Por ser tão simples e não simplista, as coisas mais importantes tendem a passarem  desapercebidas. Ainda somos levados a valorizar os heróis e seus atos. Ainda gostamos das cores fortes, com fortes emoções, em alta velocidade, e aquilo que é simples e natural, desvalorizamos e até negligenciamos. É aquela história de um pai que afirma dizendo que ele trabalha tanto para dar tudo para seu filho e esse filho ingrato, sob a perspectiva do pai, se revolta em maus comportamentos. Quem sabe, este pai tenha deixado de dar o mais importante para seu filho: carinho, atenção, amorosidade. Quem sabe, tudo o que um jovem esteja precisando é ser ouvido, ser reconhecido, ser amado. Ser amado e não comprado. Mas, este pai também não sabe o que é amar um filho, talvez porque ele também não tenha recebido, não tenha vivido a experiência afetuosa e amorosa em sua família. Fato é que, as coisas simples são fundamentais em nossa vida, são elas que nos impulsionam para viver a nossa potência, em todas as nossas relações. São os pequenos gestos e atitudes que fazem a diferença. Valores elementares como o diálogo, o respeito mútuo, a cordialidade, a boa educação, são fundamentais para vida humana em relação. Quem sabe se valorizássemos as coisas simples, o natural da vida, pudêssemos ser mais felizes e mais plenamente realizados!

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *