APRENDI E TENHO APRENDIDO COM ELA …

“Aprendi com a primavera a me deixar cortar e a voltar sempre inteira.”  Cecilia Meireles –  As estações do ano são verdadeiros mestres para quem puder ver em cada uma delas um ensinamento.  Os míopes de coração não conseguem compreender as verdadeiras riquezas que cada uma delas nos oferece. A primavera nos convida à alegria, ao florescimento, à brotação, à renovação, ao encantamento, à criatividade, ao criar e recriar, ao contentamento.  A vida é capaz de se criar e recriar, permanentemente. Em sua dinâmica, em seu pulso, a vida mantém ritmo e persiste no seu projeto vivo. O desapego se alimenta da humildade, que por sua vez se alimenta da coragem, da fé na imensa capacidade de renovação da vida. A vida sempre floresce, desde que oportunizemos o seu florescimento. Abrir espaço para o novo, é ter a coragem de desapegar-se dos velhos padrões que já não fazem mais sentido, é se deixar “podar” para renovar. A primavera é beleza e como tudo que é belo, é também sagrado e o sagrado se manifesta no silêncio da gratidão.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *