APLICOU APRENDEU

Quando realmente algo foi aprendido ele se reverte na prática. Aprender é repetir e fazer. É no fazer, é na ação que a aprendizagem acontece. Quando se trata de valores, a aprendizagem implica uma outra abordagem que comporta o cognitivo e o emocional. O conhecimento conceitual comporta qualidades motivacionais que irão mobilizar a cognição e a emoção mas, valores, atitudes, ética, para serem aprendidos e incorporados, é fundamental a mobilização de um coração. Uma pessoa que não está sensibilizada para compreender a importância da preservação dos valores éticos, não conseguirá revertê-los na prática cotidiano de seu viver e conviver. Sabemos que uma pessoa compreendeu e aprendeu o significado e o valor dos valores éticos, para uma vida com dignidade, interconectada e interdependente, se ela incorporou e verteu estes valores em suas ações, suas relações e escolhas. Se não aplicou, não aprendeu! É na ação que os valores tem a oportunidade de serem vividos, seja na vida pessoal, afetiva, cognitiva, profissional, familiar, espiritual. Inclusive na vida financeira e política. Se não aplicou, não aprendeu ainda! Isto não significa que não possa aprender. Todo conhecimento e toda aprendizagem sempre estará disponível portanto, sempre é tempo para se aprender e uns aprendem pela via amorosa, outros pela dolorosa mas, sempre é necessário criar as condições verdadeiras para as verdadeiras aprendizagens. Esta é a pedagogia do AMAR como nos ensina Maturana, tocar o coração.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *