APESAR DE TUDO …

“A despeito das imposições morais, explorações econômicas, limitações sociais de todos os tipos” (M.MAFFESOLI), há uma força que anima e impulsiona o viver humano.Há beleza no mundo, há encantamento, há potência, que nos faz ver os sinais de um novo paradigma em florescimento. Apesar de tudo, há lucidez e senso de justiça permeando os espaços relacionais, pela vontade de um estar-junto, que mostra sua face nas redes sociais. Um pacto emocional, uma solidariedade orgânica mostra seu rosto nas músicas, manifestações, nas artes, nos corpos, na circulação das pessoas pelos espaços sociais, nos inúmeros dispositivos que circulam pela internet no viver cotidiano. Alimentando um imaginário e ao mesmo tempo consolidando a vontade de estar-junto, querendo garantir a coesão do conjunto social, o cotidiano vai abrindo os caminhos para a potência da vida se fazer mais viva. Apesar de tudo, a vida quer viver, pede passagem, quer fluir por todos os canais em livre circulação. São as diversas formas de dizer “sim” à vida. Apesar de tudo, o presente presentifica a presença de mundo vivo, um organismo vivo, apesar de tudo. Apesar das narrativas desalentadoras, que causam pessimismos e frustrações, que alimentam a alienação, que abortam o pensamento crítico para se agarrarem a uma ideologia que já não faz mais sentido. A razão é fundamental, mas o sensível pede passagem, de mãos dadas com a lucidez, revelando mistérios de uma magia tecnológica.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *