ANGÚSTIA DO DESLIGAMENTO

O capitalismo consumista associado a um neo-liberalismo, que separa, fragmenta e captura potências e potencialidades do humano, tem gerado como subproduto uma terrível angústia pelo sentimento de desligamento instalado nas relações sociais. O sentimento angustiante de não fazer parte da rede da vida, tem como efeito as mais variadas patologias sociais, incluindo o suicídio e a auto mutilação. Depressão, ressentimentos, pânico, ansiedade, hostilidades, desorientação, são algumas das patologias geradas pela ausência do sentimento de pertencimento e forte sensação de exclusão. Na luta pela sobrevivência, muitas são as pessoas que adoecem, se desumanizam e se dessensibilizam. Quando a dor e o sofrimento passam a ser uma rotina social, tudo indica que, a vida além de estar perdendo o seu valor ela está tendendo a finalizar. Então onde estamos chegando como humanos?

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *