AINDA O AMOR

O amor verdadeiro, traz sentido à vida, traz sentido à existência. O amor é alegria, é o encontro dos corpos, dos afetos, dos cantos e danças da vida. Este é o amor livre! Mas, existe o amor que aprisiona e este é o amor embebido de poder. É o amor que controla e reprime, que subjuga e explora, que condena, que é irônico, este é o amor da falsidade que rebaixa a vida. Cuidado com o amor mascarado, fingido, encoberto por promessas sedutoras. Cuidado com este falso amor, porque ele pode estar escondido em nossas próprias entranhas.

Abraços   ****

Vivi