ABRIR O CORAÇÃO E A MENTE

Embora que tenhamos nesta contemporaneidade um certo “modismo”  para frequentar as academias de ginástica, buscando alongamentos e flexibilidade muscular, ainda temos muito por construir quando se trata de flexibilizar nossos corações e mentes. Aqui ainda encontramos muita resistência e rigidez diante dos padrões mentais, insistindo em manter permanentemente em nossa mente, emoções negativas com um certo grau pessimista. Mudar esta forma de ser talvez seja tarefa para uma vida, quando a vontade de viver num mundo mais humanizado e compassivo seja uma busca pessoal de grande valor, estando presente em si mesmo, cultivando uma atitude de ser cuidadoso consigo e com todas as outras pessoas. Ser compassivo é ter a capacidade de abraçar o coração e a mente pessoal, estendendo este abraço benevolente para todos os outros. Tal como uma atividade física, construir musculatura interna, “muscularizar” corpo e mente, expandindo gentileza e cordialidade, pelo cultivo de uma alegria naturalmente empática. Só a compaixão tem a capacidade de reorientar a mente humana, aliviando o sofrimento pessoal, pela autocompaixão e aliviando o sofrimento dos outros. Toda pessoa tem esta capacidade de reformar a si mesma, tornando-se um ícone de bondade e altruísmo.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *