A VOZ QUE OUVIMOS …

A voz que ouvimos dentro de nossa cabecinha é confiável? Ou será que muito do que repetimos em nossa interlocução mental é muito mais fruto de propaganda das publicidades comerciais e ideológicas, clichês ou padrões mentais? Temos consciência da qualidade de nossos pensamentos, temos clareza do que pensamos, das nossas narrativas internas? Podemos confiar naquilo que pensamos? Um olhar um pouco mais apurado, poderá perceber o quanto somos intensamente  manipulados ideologicamente através das propagandas, das mídias, das modas, dos interesses que fomentam estes canais de comunicação. Usamos palavras, ideias, construímos narrativas para justificar algo ou para negar algo e assim, pelo auto engano vamos seguindo como “zumbis” repetidores da “vontade alheia”. Somos manipulados! Portanto, Cuidado! Atenção!

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *