A PÉROLA ESTÁ NAS PROFUNDEZAS

Para encontrar a pérola “sagrada” é preciso mergulhar profundamente. Quem honestamente, realmente quer se encontrar, encontrar-se consigo mesmo, com a sua verdadeira natureza, terá que mergulhar em suas profundezas. Na superficialidade das rotinas automatizadas do cotidiano, não há como fazer contato com o mais íntimo, o mais profundo da natureza humana. Há que ter coragem e humildade, determinação e paciência, honestidade e entrega, para reconhecer os espaços sagrados da alma humana. O encontro com o centro oculto do si mesmo, está no silêncio interior das águas mais profundas. O mergulho em si mesmo, é uma experiência de liberdade. Muitos mestres ao longo da história humana, em todas as tradições espirituais, do ocidente e do oriente, já apontaram o caminho. Entregar-se a si mesmo, deixar ir o mais rude e o mais grosseiro, para conectar-se com a consciência plena, que está e sempre esteve, é em si mesmo uma trajetória libertadora. A pérola sagrada está nas profundezas!

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *