UMA BUSCA POR SILÊNCIO

Buscar o silêncio na direção de um SI próprio, de um reconhecimento de si, pode ser altamente regenerador e libertador. A polifonia urbana afasta a cada dia o humano de sua humanidade, de sua razão de ser e existir. Os ruídos impedem o encontro. São verdadeiras barreiras que afastam a pessoa de si mesma e as pessoas entre si mesmas. Buscar o silêncio, buscar espaços silenciosos, é seguir na direção de um ser que busca escutar e se escutar. Sem um saber de escuta não há como construir espaços de fala. Dar voz a si mesmo requer uma oferta de escuta. O silêncio, o silenciar-se é um espaço e uma atitude de alguém que busca um sentido de existência, é uma consciência que busca um refinamento existencial.

Abraços   ****

Vivi

 

 

UMA ORAÇÃO

Em tempos de alta turbulência, é bom estar atento aos acontecimentos. São tantas as incongruências que a indignação às vezes toma conta da consciência. Indignar-se faz parte do viver, mas, o que não pode ser admissível é deixar-se cair na indiferença. Talvez uma oração permanente poderá nos ajudar: não se deixe capturar pela indiferença.

Abraços  ****

Vivi

 

 

AMIGOS

O que queremos: amigos reais ou virtuais? Na globo colonização onde as mídias estimulam números de contatos, é possível encontrar quem diga de sua planilha de amigos. Amigos virtuais que não se conhece, não se sabe o nome nem a face. Então é possível perguntar: de que amigos estamos falando e ainda qual é o sentido e o significado da amizade?

Abraços   ****

Vivi

 

RELAÇÃO

Tudo neste mundo é relação. Tudo está em relação com algo ou alguma coisa. Nada neste mundo vivo está ou vive fora das relações. O mundo é o conjunto da rede de relações e relacionamentos e nada existe fora da relação. Nada está a parte do mundo relacional. Do nascer ao morrer, vida é relação, é inter-relação, é conexão, é interdependência, é co-dependência e portanto, viver é um ato de cooperação e responsabilidade.

Abraços   ****

Vivi

 

E A POLÍTICA ….

Quando se trata de pensar a política, é fundamental que se tenha clareza para saber que em política não há neutralidade, ou se está por omissão ou por participação. O mundo é política e o humano vive e convive na “polis”. Querendo ou não, gostando ou não, toda pessoa humana está na ordem da vida em comunidade e portanto, imersa num campo político.

Abraços    ****

Vivi

PERGUNTAS OU RESPOSTAS

Por ser algo de tamanha amplitude, de tamanha magnitude e ao mesmo tempo, de tamanha incompletude e incertezas, a vida inclui inúmeras perguntas, mas nem sempre as respostas. É possível encontrarmos respostas provisórias, mas, nem sempre as definitivas, afinal viver é um processo em contínua mudança. Importante é compreender que muito mais importante que ter a resposta, é se manter no processo de perguntar.

Abraços   ****

Vivi

ESPIRITUALIDADE

A Espiritualidade é tudo aquilo que aciona uma transformação interior. Por ser uma experiência orgânica, ela atua e toca o mais profundo e o mais íntimo da pessoa humana. A espiritualidade aproxima o ser humano da sua sensibilidade, ao sentido mais profundo da existência humana. Não se trata de crenças, dogmas ou rituais. A experiência da espiritualidade é a vivência de uma vida de gratidão, de gentiliza, de suavidade e firmeza, de compaixão e autocompaixão. Viver a espiritualidade, é também viver na aproximação do mais nobre e mais digno da humanidade do humano.

Abraços   ****

Vivi

 

TUDO ESTÁ INTERLIGADO

Tanto as tradições religiosas como a ciência enfatiza uma realidade: tudo neste mundo está interligado e interconectado e portanto, está numa relação de interdependência. Neste sentido, é possível afirmar que “tudo é todos e todos é tudo”. Do ponto de vista cognitivo e moral, as pessoas reconhecem estas relações de inter e co-dependência, mas, de um ponto de vista prático, não é bem assim que as pessoas de deslocam nas relações interpessoais. Conviver com a diversidade e com o diferente, ainda tem sido um grande obstáculo para muitas pessoas e grupos sociais. É possível então verificar que, a teoria não corresponde à prática. Falar tem sido diferente de agir. Como eu penso, sinto e ajo nas minhas relações de convivência?

Abraços   ****

Vivi

AINDA A DEMOCRACIA

Quem não quer a democracia? Quem não quer ser respeitado e valorizado? De maneira geral, todos os humanos querem e desejam ter espaço de voz e ainda, terem o seu reconhecimento como sujeito na sociedade preservado e garantido. As instituições também querem preservar relações democráticas e o Estado também se propõe a caminhar nesta direção. Contudo, é necessário saber de que democracia estamos falando, de uma democracia política ou de uma democracia econômica.

Abraços   ****

Vivi