CENTRALIDADE DA VIDA

A comunidade humana pertencente à Casa Comum, vivendo e convivendo na mesma crosta terrestre, respirando o mesmo ar, bebendo das mesmas águas, se alimentando dos frutos da mesma terra e do mesmo sol, se encontra diante de um mesmo desafio: ou colocamos a vida na centralidade de nossas escolhas ou seremos todos tragado pela “peste”. Não há outra opção, ou colocamos a preservação da vida, em todas as suas manifestações incluindo a vida do planeta ou seremos dizimados. Estamos diante de um dilema ético, e aqui chegamos porque não respeitamos ao longo da nossa história humana a ética da vida. Neste momento a escolha está centrada entre o lucro proposto pelo capital e todo o sistema capitalista que deteriora a vida e destrói a sustentação da vida no planeta ou mudamos a nossa conduta e passamos a ter a preservação da vida como ordem prioritária. Sempre é bom lembrar que, a vida humana no planeta Terra corresponde a 0,01% de tudo que aqui vive!

Abraços   ****

Vivi

RESPIRAR COM ATENÇÃO

Se estamos vivos respiramos! A respiração é um processo tão natural e “automático” que respiramos e nem percebemos que respiramos, no entanto basta alguma pequena obstrução nas vias respiratórias, um resfriado, uma gripe, um lugar com muita fumaça ou muito fechado para nos sentirmos sufocados e procurar a respiração mas, será que temos consciência que respiramos? Respirar com atenção consciente e focada é completamente diferente. Respirar tendo consciência do inspirar e do expirar traz benefícios para o corpo e para a mente. A respiração consciente favorece o sistema nervoso autônomo, acalma, reduz a ansiedade, oferece qualidade e bem estar. Pense nisto e respire com atenção!

Abraços   ****

Vivi

SABOREAR O SILÊNCIO

O sabor de um saber saborear o silêncio, é fruto de um cultivo pessoal. O silêncio é um espaço interior de clareza mental, de quietude, de equilíbrio, de equalização, de bem aventurança,de quem busca sua aproximação com o divino que habita no mais íntimo e no mais íntegro que existe no coração e na alma humana. Pense nisto!

Abraços   ****

Vivi

RESPIRAR COM UM CORAÇÃO AMOROSO

A vida respira! Todos os seres vivos respiram. Dependemos do ar para inalar e exalar, fazendo as trocas com o meio. Uma respiração consciente vai muito além de uma respiração automática, inserida na mecânica fisiológica de um corpo vivo. Uma respiração consciente do valor da respiração como troca entre os seres viventes neste planeta, pode avançar na sabedoria, na beleza, no sublime que é respirar com um coração amoroso, generoso, benevolente e pleno da divindade.

Abraços   ****

Viv

SER SIMPLES

Pense nisto: “ Viva mais simplesmente, para que os outros possam simplesmente viver.” Ser uma pessoa simples, é ser uma pessoa cuidadosa consigo, com o outro e com tudo que vive. A simplicidade é um valor fundamental para uma vida com dignidade. O consumo automatizado é uma prisão. Querendo ser livre muitas pessoas se aprisionam na vaidade, na competição, no ciúme. Uma vida vivida com simplicidade demanda coragem, autodisciplina, respeito, integridade moral e ética. Uma coisa são as necessidades ou coisa são os desejos. Pense nisto!

Abraços   ****

Vivi

SIMPLESMENTE FAÇA

Fazer ou ter uma atitude na espera de uma recompensa, não é um fazer solidário. A solidariedade como o altruísmo, dizem respeito a um colaborar sem esperar algo em troca. A generosidade é livre! O ser generoso é um ser de liberdade. Nenhuma árvore na natureza come dos seus frutos, mas simplesmente oferta-os. Só o egoísmo quer ser recompensado com aplausos ou com algo concreto. A vaidade egóica sempre busca as mesuras, o “tapete vermelho”. A verdadeira solidariedade é livre e é exatamente esta liberdade que a faz sublime.

Abraços    ****

Vivi

RESPONSÁVEL

Muito se fala na importância da responsabilidade, do ser uma pessoa responsável. Inegável é o valor da responsabilidade e das atitudes responsáveis para uma vida em comunidade. Cooperar demanda responsabilidade, assim também compartilhar, respeitar e tantos outros valores fundamentais que asseguram relações saudáveis tanto da pessoa consigo mesma, como das pessoas em seus relacionamentos como na convivência social. Responsabilidade tem haver com as respostas que oferecemos a uma outra pessoa ou a um grupo relacional com atitude de sabedoria, ou seja, de discernimento. Responsabilidade é atuar, agir com bom senso, é um compromisso determinado pela vontade pessoal, não algo imposto por ordens ou regras legais ou morais, mas algo que nasce de um coração e uma mente de sabedoria. A sabedoria é uma conquista pessoal, fruto de um saber que compreende a preservação de um valor interno. Por obrigação, por cumprir protocolos, legais ou morais, não se tem responsabilidade, se tem apenas regramentos a serem obedecidos por conveniência ou medo.

Abraços   ****

Vivi

DIAS FECUNDOS

Viver dias benéficos, fecundos e inspiradores em meio a tantos desafios e incertezas, requer qualidade de presença. É fruto de um cultivo permanente com o corpo, a mente, as emoções, os gestos, a forma como me relaciono com as pessoas, com o mundo, com a natureza. A fecundidade dos pensamentos e das emoções, está diretamente vinculada à fecundidade de como eu conduzo minha vida e faço minhas escolhas. Tudo neste mundo vivo está completamente interligado na interdependência de tudo que vive. Dias fecundos de esperança e vitalidade, são dias de amorosidade, generosidade, amizade, paciência, atenção e preservação respeitosa com a vida e com tudo que vive. Dias fecundos, são dias potentes com a florescência da vida, com o despertar para a liberdade e a libertação, com o desapego de tudo que não se necessita para viver com dignidade. Pense nisto!

Abraços   ****

Vivi

CAMINHAR COM CUIDADO

Caminhar pela vida com qualidade, significa cuidar do cuidado! Cuidado, cuidar  é um ato de mansidão e determinação, de leveza e firmeza. Expressar-se no mundo vivido, no cotidiano dos dias sem se corromper, sem se deixar ser atropelado pelos estímulos de um capitalismo consumista e explorador, requer muito cuidado e atenção, requer um olhar atento às escolhas. Escolher é um ato de liberdade, é um saber fruto de um cultivo permanente aos propósitos de vida. Só cuida quem cuida e só posso cuidar do outro(os/as/es) se souber cuidar de mim mesmo. Cuidar de forma integral, desde o corpo, alimentação, atividade física, respiração, até das atitudes psíquicas, dos gestos, comportamentos, pensamentos e emoções. Ser cuidadoso consigo mesmo requer atenção, amorosidade e ao mesmo tempo, compromisso consigo e com o mundo. Só posso cuidar de mim e de outra pessoa se souber também cuidar da natureza e de tudo que vive. Cuidar é um ato de amor, de solidariedade, de humildade, de amizade, de respeito e auto respeito, de responsabilidade, mas também de muita firmeza interior.

Abraços   ****

Vivi

ATENÇÃO NO AQUI/AGORA

A qualidade atentiva pode ser cultivada com clareza intencional. A atenção ao que acontece no momento presente, ao aqui/agora, é o instrumento mais precioso para conquistar a liberdade. Sem atenção, sem clareza de propósito e sentido na vida vivida, não existe liberdade, mas automatismo. A liberdade interior, é fruto da atenção, da capacidade de se manter atento e vigilante aos propósitos mais nobres da vida. Sem atenção e clareza interior, o humano é capturado pelos aprisionamentos e hoje é possível falar nos aprisionamentos dos algoritmos. Pense nisto!

Abraços   ****

Vivi