VIDA COM QUALIDADE

Viver com qualidade é viver na abundância da potência humana. É viver na conexão com a potência viva do ser humano, através da sua capacidade de se renovar, se recriar. A capacidade criativa caminha com a capacidade de adaptação, que não significa resignação ou subserviência. Dar qualidade à nossa vida, é estar conectado ao sentido e ao propósito da nossa existência. Uma conexão existencial que pode oferecer qualidade ao nosso viver e conviver, momento a momento.

Abraços   ****

Vivi

OUTRA LIÇÃO DO CORONA

A solidariedade, a atitude solidária, permitiu ao ser humano fazer uma história humana que nos trouxe até os dias de hoje. Somos por natureza seres solidários. A solidariedade humana foi o elemento evolutivo que nos fez saltar da animalidade para a humanidade. Os antropólogos mostram com grande evidência esta marca evolutiva. Preservar a solidariedade, é preserva a natureza humana e a vida humana, é preservar a natureza e a Mãe Terra. A solidariedade é uma experiência do afeto amoroso, da benevolência que existe em todos os seres humanos. A solidariedade é a grande “cola” que nos unifica e nos protege, que nos faz fraternos e irmanados.

Abraços   ****

Vivi

MAIS UMA LIÇÃO DO CORONA

Quem disse que o ser humano é absolutamente auto suficiente e independente? Quem disse que podemos viver sozinhos e que não precisamos de ninguém? Grande equívoco!!!! Nós seres humanos estamos todos interligados num grande processo de interdependência. Dependemos uns dos outros e necessitamos das relações, dos afetos, das presenças, dos contatos com os outros humanos. A história do individualismo é contada para fragmentar, separar, dividir e portanto, controlar. Nós seres humanos existimos num imenso tecido relacional de existência. Quando o individualismo rondar seu imaginário, fique atento a esta grande falácia de uma narrativa que tem por intenção apenas controlar a vida humana para que ela sirva a interesses contrários à vida. Atenção!

Abraços   ****

Vivi

UM MENINO

Apenas um menino que sonhava. O menino tinha um sonho: queria conhecer o mar! O menino que queria conhecer o mar, um dia pediu ao pai que o levasse para conhecer o mar. Quando o menino junto ao pai se viu diante do mar, o menino diz: pai me ajuda a ver o mar!!! Quando estamos diante de uma realidade que é intensamente intensa para nós, não conseguimos ver o real, precisamos de ajuda, precisamos de alguém que nos faça enxergar o que se mostra excessivo. Êxtase? Talvez! Assim também acontece quando nos aproximamos do Sagrado em nós. A potência divina é a nossa essência humana, diante dela paralisamos, porque ela em si mesma nos arrebata.

Abraços ****

Vivi

 

REINVENTAR

A realidade da pandemia está a cada dia evidenciando que o mundo mudou. Se o mundo mudou, nós pessoas teremos que mudar para nos adaptar a este novo mundo que se apresenta. É preciso reiventar. Os modelos anteriores já não cabem mais. O pós pandemia exige de cada um de nós um espaço interno e consciente para pensar e agir de outra forma. Criatividade e mudança são as palavras de ordem.

Abraços  ****

Vivi

 

 

DEVERES DE CASA AINDA POR FAZER…

A pandemia apenas mostrou e está mostrando ao vivo e a cores uma realidade que sempre existiu, mas, evitamos ou nos negamos a ver, reconhecer e agir para transformar: o racismo estrutural e a desigualdade social. São dois elementos que não foram trabalhados pelas políticas públicas na história da república, que corroem as relações e ainda, são fontes permanentes de violência em todas as suas expressões. As expressões da violência nas suas faces mais evidentes, como a violência estrutural e operacional concreta, como a violência institucional e cultural, corroem as relações em todas as dimensões. Importante compreender que, toda violência é um grito de socorro! Se algo do humano ou da natureza foi violado, a resposta só pode ser a violência. Enquanto não for encarrado, visto e transformado os fatores violadores da dignidade humana e da dignidade da vida, estas expressões continuarão assombrando a vida dos humanos e de tudo que vive nesta Casa Comum.

Abraços   ****

Vivi

IMAGINAR UM MUNDO DIFERENTE

Quando o humano se afasta da sua humanidade, ele perde seus sonhos e sua imaginação. É a imaginação, são os sonhos e as utopias as alavancas impulsionadoras do viver humano, na comunidade humana, em conjunto com o meio natural e com toda a natureza viva. A sensibilidade humana, é o alimento dos sonhos. O humano sonha conforme as histórias vividas em seu meio ambiente, em sua comunidade de afetos. São os afetos que podem imaginar um mundo diferente, um mundo onde a vida seja o sentido e o significado maior do viver nesta Casa Comum. Deixar de sonhar, é deixar de viver. Sonhar, imaginar, é ver em perspectiva, é acordar a cada dia acreditando no melhor e no maior da existência humana. Imaginar um mundo mais humano, mais solidário, mais amistoso com o diferente, é ter a coragem de viver amores e amizades, carinhos e bondades, determinação e sabedoria.

 

Abraços   ****

Vivi

HUMANIZAÇÃO

A vida cresce e floresce no equilíbrio, numa harmonia balanceada. Quando este sistema se desequilibra, a vida corre risco. A tecnologia trouxe à vida humana grandes possibilidades e vantagens na preservação dos alimentos, na cura das doenças, na disponibilização das informações, na comunicação, nos deslocamentos… A tecnologia alterou a experiência humana em relação ao tempo e ao espaço, com toda a sua precisão, mas, tem negligenciado a humanização. A precisão não pode substituir a humanização. A vida humana depende da humanização. Quando a comunidade humana tem como prioridade a precisão das planilhas, ela se desumaniza e adoece. Precisão e Humanização, duas relações que necessitam encontrar um estado de equilíbrio sustentável e saudável.

Abraços   ****

Vivi

 

DE TUDO QUE ACONTECE…

De tudo que está acontecendo com o mundo, com o Brasil e com todos nós, pessoas humanas, fica evidente que, todos nós precisamos de cuidado e não apenas  de resultado. Nós humanos vivos, nós natureza viva, nós organismos vivos, para seguirmos vivendo conjuntamente, precisamos de cuidado!!! A vida não segue no descuido. A vida precisa de cuidado e um cuidado que seja igualmente para tudo que vive, afinal, nós humanos somos apenas uma parte muito pequena deste imenso organismo vivo que é o planeta Terra, a natureza, os animais, plantas, vegetações, o solo, as águas e os ares, somos todos seres que vivem em equilíbrio. Vivemos juntos, somos interdependentes e portanto, inseparáveis. Somos todos filhos do cuidado, somos todos filhos e filhas da mesma Mãe Terra.

Abraços ****

Vivi

FINITO E INFINITO

Um vírus invisível simplesmente chega diante da humanidade, cheia de conhecimentos e tecnologias, de tratados e regramentos, para dizer a todos os humanos: não pode haver crescimento infinito num planeta que é finito! Este modelo é incompatível com a vida, com a sustentação da vida. É urgente rever nossos prazeres e desejos. Este modelo que se diz desenvolvimento, progresso, avanço … simplesmente se quebrou diante de um ser invisível aos olhos nús. Pense nisto!!!!

Abraços   ****

Vivi