DESLOCAR

Estar em movimento é saber se deslocar. A vida se mantém em seus deslocamentos, na dinâmica de seus fluxos, criações e recriações. Sábio é aquele que aprendeu a se des-locar, aprendeu a ampliar seu olhar, seu pensar, seus afetos para ir além do certo e do errado e poder sonhar e se encantar. A capacidade de se deslocar para se lançar ao novo, ao criativo, ao imaginário, ao lúdico, ao maravilhamento que a vida a todo momento apresenta ao humano, faz parte da experiência do sensível. Alimentar a sensibilidade é beber nas fontes da sacralidade da vida.

Abraços  ****

Vivi

AMADURECER

Pensar em processo é pensar em fluxos, intensidades e gradações. Pensar em processo é pensar em contextos, em circularidade e nunca em linha reta de sequencialidades previsíveis e controladoras. A vida é fluxo, é mutação é algo que está em permanente transformação. A maturidade humana comporta a compreensão dos fluxos vitais. A maturidade da pessoa humana inclui a incerteza.  Amadurecer é ganhar incertezas, é compreender a dinâmica natural da vida e do viver. Saber “suportar” as incertezas faz parte da sabedoria humana. Ambivalências, paradoxos, contradições, são elementos que compõem a psique humana. Estar atento e aberto à compreensão dos conflitos internos, é estar no caminho da maturidade, é estar disponível ao criativo.

Abraços   ****

Vivi

O MOVIMENTO

O movimento está no centro da experiência humana. Ele é construtor e sentido de uma existência quando ele pode ser vivido em toda a sua potencialidade.  O movimento vivido na gestualidade humana é construtor no espaço e no tempo das emoções, dos sentimentos, do pensamento, do imaginário e do simbólico. Um corpo que se movimenta, que se desloca no espaço, que se gesticula e se expressa com todo o seu ser, tem a potência da vida viva consigo mesmo, através da experiência de ser movimento.

Abraços   ****

Vivi

 

 

SILÊNCIOS …

Muitos são os silêncios … Existe o silêncio do silêncio, aquele onde as vozes sonoras parecem cessar. Existe também o silêncio que “grita”, aquele silêncio que guarda dentro de si mesmo as mágoas, as angústias, os ressentimentos, os medos e os desconfortos sem nome e sem palavra. Este silêncio clama em alto e bom tom por ajuda, por acolhimento, por uma escuta solidária e compassiva. O silêncio-que-grita precisa ser ouvido e para que ele não adoeça antes da hora.

Abraços   ****

Vivi

EM QUE ABISMO ESTAMOS NOS METENDO?

Há quem diga que o humano apesar de todo o seu conhecimento acumulado, de toda a sua tecnologia e avanços científicos em todas as áreas do saber, parece que está diante de um grande abismo civilizatório. Seria a exaustão de um modelo racional que não consegue mais dar conta das incríveis demandas criadas pela enorme crise da racionalidade? Onde chegamos ???? Quais escolhas estamos alimentando? Somos todos responsáveis!

Abraços   ****

Vivi

 

DESEQUILÍBRIOS …

A instabilidade climática, a exaustão dos recursos naturais, a insustentabilidade social, a desigualdade econômica, o descaso em relação à vida, são evidências de que a vida perdeu seu valor. Para onde os humanos estão se dirigindo? Viver para quê?

Abraços   ****

Vivi

A SABEDORIA DO HUMANO

A cultura que privilegiou a razão e a lógica esqueceu de incluir o paradoxal, o contraditório. A pessoa humana comporta o racional e o sensível. Sabedoria é saber conjugar a razão com a sensibilidade, o corpo e a alma, e com sabedoria saber viver o mais íntimo do humano que é a sua espiritualidade.  A conexão espiritual de uma consciência mantém sempre ativa o pensar e o afetar, o concreto e o sensível, o ponderável e o imponderável, e pode dizer o indizível.

Abraços   ****

Vivi

EXERCÍCIO ESPIRITUAL

A espiritualidade se nutre de um permanente estado de atenção. Praticar a vida espiritual como um exercício espiritual, é viver a plenitude da liberdade consciente da vida humana. Ser livre é ser fiel à verdade interior no silêncio da sabedoria.

Abraços   ****

Vivi