UMA HISTÓRIA CULTURAL

Há uma busca inexorável do ser humano, seja ela em extensão ou em profundidade:a unidade fundamental da história espiritual da humanidade. Todas as culturas em todos os tempos, desde o período conhecido como Neolítico, pré-cerâmico, até os diversos pactos que se estabeleceram pelo humano na sua busca por sua identidade e seu lugar existencial, a unidade da raça humana se evidencia por uma herança mitológica. Consciente ou inconscientemente, os mitos liberam energia, motivam a vida, orientam as trajetórias, ou seja, os mitos tem uma ação sobre o humano, é uma verdadeira história cultural que alinha as culturas, sejam elas de um ocidente ou de um oriente. Até os dias de hoje o humano traz em suas raízes civilizatórias as marcas profundas de sua relação mitológica. A história cultural do ser humano é vivida através dos mitos e ritos, uma história portadora de um processo evolutivo, mutacional, governada por leis que a ciência tenta revelar nossos dias.

Abraços   ****

Vivi

AGIR EM BENEFÍCIO DO PRÓXIMO

Embora que a tradição cristã tenha apresentado à humanidade a importância do amor ao próximo até mesmo como um propósito fundante, ainda o estranhamento nas relações humanas persistem e o servir o outro de forma espontânea ainda é algo bastante tímido, entre as pessoas. Biologicamente evoluimos como ser humano mas a compaixão ainda é algo em construção na evolução afetiva humana. Agir em benefício do próximo, livre e desprovido de segundas intenções é um aspecto a ser cultivado entre as pessoas. A sensação de bondade amorosa e compaixão, quando vividas no cotidiano de nossas vidas, abre um espaço interno para ações que beneficiem as pessoas ao nosso entorno. A boa notícia é que, a meditação compassiva, quando praticada, pode aumentar a sensação de bondade e compreensão amorosa.

Abraços*****

Vivi

TREINAMENTO DA ATENÇÃO

Pesquisas realizadas em centros de estudo do cérebro, apresentam evidências que os sistemas de  atenção do cérebro podem ser treinados. Como um exercício seja ele ciclismo ou o aprendizado de uma segunda língua, o treinamento mental provoca mudanças na capacidade de manter a concentração. A prática regular da  meditação na plena atenção, favorece a atenção seletiva e reduz a intermitência da atenção. As regiões do cérebro envolvidas com a atenção são amplamente ativadas durante a prática meditativa.

Abraços*****

Vivi

GANDHI – INSPIRAÇÃO E DESAFIO

“Pode-se garantir que um conflito foi solucionado segundo os princípios da não-violência se não deixa nenhum rancor entre os inimigos e os converte em amigos”. GANDHI   O pensamento gandhiano é até os dias de hoje fonte de inspiração e  ao mesmo tempo desafiante, pois  apresenta de forma viva e concreta, a forma viva de ser e estar neste mundo: a Ética. Viver no cotidiano de nossos relacionamentos eticamente, onde a não-violência acontece como postura interna, com amorosidade e firme determinação, exige atenção permanente no pensar, sentir e agir. Qualifica a presença no viver, é fruto de uma escolha voluntária.

Abraços *****

Vivi

QUEM TOMA VENENO?

“Sentir ódio e desejo de vingança é como tomar veneno e esperar que o outro morra”. SHAKESPEARE  O mal que ronda a mente e o coração da pessoa humana, contamina seu corpo e sua alma gerando um sofrimento para si que poderia ser evitado com um pouquinho de lucidez e  boa vontade.

Abraços *****

Vivi

VER COM NOVOS OLHOS

“A verdadeira viagem do descobrimento não consiste em procurar novas terras, mas em ver com novos olhos.” Proust   O auto-aprimoramento é fruto da vontade permante e voluntária, em querer  enxergar a vida através de várias lentes, de novos ângulos para  querer ver aspectos, nuances da realidade, que uma só visão tende a obliterar a dinâmica da vida. Descobrir, é retirar os véus que obscurecem o verdadeiro sentido da existência.

Abraços *****

Vivi

 

RELIGAR

“Religar é, sem dúvida, o grande problema que vai se apresentar para a educação”. Com esta reflexão Edgar Morin, um dos principais pensadores do contemporâneo, insiste em apresentar em sua obra, a importância e responsabilidade da educação na formação das novas gerações. Neste sentido,ampliar a percepção do humano para pensar em termos complexos, onde tudo está na interdependência de tudo, vem sendo elemento desafiador da educação. O processo educacional deveria ter como prioridade ensinar a pensar contextualmente. O mundo exterior não se encontra isolado do mundo interior do ser humano, muito pelo contrário, o mundo exterior está em nosso interior e em diálogo permanente.O processo evolutivo do ser humano necessita um pensar contextualizado, avançando no âmbito cognitivo, intelectivo mas, igualmente no âmbito do sensível, da sua emocionalidade. O humano faz parte de um mundo onde tudo está em comunicação, em interação. Precisamos aprender a pensar em religação. A religião teria tido esta função mas, ainda não conseguiu ensinar a re-ligação na práxis, entre céu e terra, terra e céu, terra e terra, céu e céu, entre um dentro e um fora e vice-versa, entre homem e natureza, entre biológico e histórico, entre imanente e transcendente, afinal tudo se comunica, interferindo,alterando, criando e recriando, um mundo interconectado, em comunicação constante na dinâmica da vida.Vida é integração, ela só acontece junto.

Abraços    ****

Vivi

RELACIONAR OU REPRESENTAR

A maturidade relacional acontece pela reciprocidade, sem a qual haverá controle ou mando. Na “sociedade do espetáculo” o que se encontra é separação, uma fragmentação desintegrante, própria da representação. No espetáculo as pessoas representam papéis de conveniências, traindo a alma na garantia da tradição. A sociedade do espetáculo alimenta relações humanas que não são vividas integradamente mas, se afastam pela representação do espetacular. A separação afeta os canais relacionais e ruma à representação. A pergunta do sujeito ético permanece: onde quero estar, na representação do espetáculo ou na integridade relacional? Representar é algo fugaz e passageiro, onde os personagens mudam com a cena do próprio espetáculo. Relacionar envolve escolha, decisão, integridade,responsabilidade, respeito e ética. É a consciência que permite um refletir autêntico, para uma autêntica vida relacional, onde a integridade da alma e dos valores universais se fazem presentes em cada presente da existência.

Abraços    ****

Vivi