CORPO E SABEDORIA

Incomum não é quando finaliza-se um ano procurar o silêncio templário. Em muitas culturas ao longo da história e em diversas partes do planeta muitas são as pessoas que se dirigem aos templos e lugares sagrados no intuíto de estabelecer um encontro que seja inspirador para o ano que terá início.Quem sabe neste momento que tanto toca nossos corações e clama por contato com amigos, às vezes distantes, que possamos nos lembrar de realizar o grande encontro no lugar sagrado que está mais próximo de cada um de nós, que é o nosso corpo, o nosso templo sagrado. Ele com toda a sua sabedoria abriga e porta toda a nossa história ancestral, a sabedoria da humanidade. É no silêncio interior, que o mais nobre do humano se revela. Silencie amorosamente e ouça a voz do coração sincero, aqui está a verdadeira mensagem, que poderá nos inspirar e guiar ao longo de todo 2011. Que a paz e a alegria encantadora possam ser vividas na sabeoria do corpo vivo de cada um de nós.
Abraços ****
Vivi

MOVIMENTO – CORPO E VIDA INTERIOR

O corpo vivo está em constante transformação através de todos os movimentos, do micro ao macro, tudo é movimento que é a expressão da vida. Os movimentos corporais, os gestos, as expressões que o corpo realiza a cada milessegundo, não são apenas a funcionalidade fisiológica de um organismo vivo, mas também a expressão da história, da emocionalidade, das memórias, dos acontecimentos de toda a vida daquele organismo, da pessoa que ali está, no corpo vivo. Existe uma correlação direta entre o movimento corporal e a vida interior daquele que realiza o movimento, sendo o fundamento real da criatividade deste ser. A expressão corporal é a expressão da alma, da vida interior, dos lugares mais íntimos de nós. Corpo e alma, corpo e emoção, corpo e história, corpo e acontecimentos, corpo e formas, são todos a expressão viva do corpo vivo integral. Seria superficial e simplista ter um olhar reducionista, acreditando que movimento corporal e gestual está separado da emocionalidade e da alma, muito pelo contrário, são a própria expressão do mais profundo do nosso ser. Quando estamos presentes no movimento e no gesto que realizamos, estamos em contato com o sagrado em nós.
Abraços ****
Vivi

QUEM PROCURAR …

Ao longo da história pessoal, muitas são as pessoas que buscam orientações através de pessoas que de alguma forma apresentem referenciais. Realmente sempre é muito bom poder confiar em alguém. No cenário social aparecem pessoas que se dizem ser orientadores nas mais diversas áreas, desde os já conhecidos consultores até os ditos “gurus”. Considerando uma imensa crise de humanidade e identidade em que nos encontramos, a procura tem sido bastante intensa assim como a oferta. Acredito que o primeiro passo é saber do que se está precisando, para poder saber quem procurar. De qualquer forma é sempre bom lembrar: procure aquela pessoa que sente poder te referenciar no mais profundo do seu ser, aquela pessoa que possa te estimular com ações e não com palavras. Contudo, não esqueça antes de “te procurar”, de fazer um verdadeiro mergulho em si mesmo, com o coração disponível para reconhecer a Si mesmo.
Abraços ****
Vivi

FESTEJAR SEM ACELERAR

Em períodos de festas ser capturado pela aceleração do consumo é algo muito fácil: consumo de coisas, idéias, comidas e bebidas, encontros e desencontros. Portanto cuidado. Quanto mais consumimos maior é a aceleração e os preços altos, serão pagos nos cartões de créditos da vitalidade. No impulso consome-se, sem perceber as consequências indigestas desta atitude. Portanto, cuidado, fique muito atento. Festejar sim, mas com comedimento.Quando falamos em festejar acredito que cabe a pergunta, afinal o que realmente estamos festejando? Será que sabemos a que estamos nos entregando? A grande festa é a festa da vida, da vida que que pode ser livre em cada um de nós, mas liberdade é responsabilidade. Festejar a alegria de podermos nos encantar diante da vida, pois esta é a nossa maior riqueza. Na aceleração perdemos a presença e somos impossibilitados de sentir o pulso vital que existe em nossos corpos, nos encontros entre os corpos vivos. Experimente ao festejar estar presente em seu corpo, percebendo a presença da vida. Aqui está a grande dádiva.
Abraços ****
Vivi

DOCE DO CORAÇÃO

Nos períodos festivos os doces não podem faltar. Doces para serem presenteados e doces para serem degustados nas mesas familiares, considerando aqueles que tem acesso às guloseimas. Para estes e para outros, talvez fosse bastante oportuno repensar que glicose faz bem ao organismo, mas não a glicose contaminada pelos ressentimentos e rancores, que tanto mal fazem à digestão. Os doces verdadeiros não estão nos supermercados do consumo mas no coração sincero e amoroso, cálido e generoso,liberto das fontes poluidoras e pleno da limpidez da cordialidade. Coração, coragem, cordialidade, concórdia, são palavras que podem emanar de uma alma comprometida com os encantamentos e contentamentos, com a humildade da reta conduta,confeitada de ética e mais valia. Experimente adoçar sua vida e suas relações com as doces expressões de amor e o grande banquete será eternamente doce.
Abraços ****
Vivi

PAUSA PARA A AÇÃO

De maneira geral estamos sempre no fazer, na ação, mas nem sempre sabemos o que realmente estamos fazendo, o por que e o para que da ação. Agimos automaticamente sem perceber o que fazemos. Somente quando nos deparamos com as consequências da ação é que paramos para pensar. Com grande frequência não valorizamos a espera, a pausa para o agir com efetividade. Toda ação deveria preceder uma pausa, porém como não aprendemos a pausar e somos intensamente cobrados para o agir, acabamos fazendo sem pensar, agindo no piloto automático, no condicionamento. O agir no impulso perde funcionalidade, afinal estamos imersos num mundo altamente acelerado e de altíssima complexidade, onde tudo se transforma rápidamente e portanto se as ações não estiverem voltadas para esta realidade, certamente estaremos perdendo energia, perdendo potência , estaremos no desgaste, gerando em nós grande frustração e incompetência.O processo que une a espera com a ação é incessante. Estamos grávidos de nós mesmos e do mundo, portanto precisamos saber esperar na presença, para poder realizar com maturidade e adequação. Pense nisto!
Abraços ****
Vivi

SER EMPODERADO

Falar de potência é uma coisa mas viver a potência da vida é outra coisa. Quando nos apropriamos do nosso potencial podemos reconhecer o lugar do empoderamento. Ser empoderado é ser pleno de si, é reconhecer-se na plenitude do ser integral. Ser feliz é ser realizado, sem prepotência mas apropriado do verdadeiro lugar que todo ser humano na sua plenitude pode ocupar, com humildade e dignidade.
Abraços ****
Vivi

PODER DE POTÊNCIA

A vida é viva e quer passar. Passar nas passagens de todos os modos e linguagens. Por ser viva, a vida passa porque potência flui em si. Todo ser vivo é naturalmente potente pois assim é a vida. Nós humanos vivos precisamos liberar os caminhos para a sua passagem. Quanto mais o humano vivo abre os espaços internos e externos, melhor a vida pode fluir e mais potente ela se manifesta. Potência tem haver com o poder da vida, e que não significa força de mando ou comando, mas cooperação na riqueza da diversidade. Quanto mais liberamos as passagens, mais potentes somos e portanto maior é o poder da vida em si. O desafio é abrir maõ dos padrões que enrigessem, fecham, restringem e dificultam as passagens da vida. Sabedoria é acolher os padrões e dignamente oferecer a eles um novo arranjo, mais criativo e mais funcional permitindo o livre fluxo da vida. Viver pode parecer simples e natural, mas viver empoderadamente e potente requer a coragem de acreditar na força da potência do vivo. Vale a pena!
Abraços ****
Vivi

COR – RUPÇÃO

Tanto se fala em corrupção, mas o que significa? O que é ser corrupto? Corrupção, cor-rupção é romper com o coração, é separa-se de si, separa-se dos valores pessoais em favor de conveniências, é separar-se da verdade universal e optar por atender à interesses pessoais que venham a favorecer apenas ao si próprio, apenas a um pequeno grupo seja ele partidário, religioso…..Quando o coração á abandonado para atender as justificativas convenientes da racionalidade em benefício de poucos ou até de uma só pessoa, desconsiderando o todo maior, o bem comum,a preservação das relações pessoais e sociais, a preservação do planeta, do meio ambiente, privilegiando egoísticamente favoritismos, o coração se rompe, corpo e alma se separam e tudo se desagrega. A corrupção é altamente poluidora, contamina tudo em sua volta, comprometendo a teia da vida. Todos sofrem, inclusive o corrupto, porque em algum momento ele terá que entrar em contato com o seu coração rompido. Atenção, cuidado, não entregue a sua “alma ao diabo” pois ele certamente virá para te cobrar.À propósito, palavra diabo, também é interessante: “di-abo”, o que divide em dois, separa, desagrega.
Abraços ****
Vivi

AÇÃO COM INTENÇÃO

O tempo todo estamos fazendo e refazendo a realidade. A vida está em permanente processo de mudança, pois esta é uma característica do vivo. Indenpendente da nossa vontade a vida segue e prossegue dentro da impermanência.Como humanos, homo sapiens que somos agimos sobre o meio, nos construindo e reciprocamente sendo construído pelo meio, pelos acontecimentos em nosso entorno. O humano busca sua realização dentro dos diversos cenários da vida, porém a realização é a soma da ação com a intenção.Não basta querer, é preciso agir e não basta agir, é preciso saber claramente o que queremos com as ações, quais são as nossas intenções, afinal somos responsáveis, por nós e pelo meio à nossa volta.
Abraços ****
Vivi