COOPERAR NA REDE – ASSUSTA?

Biológicamente nós seres humanos vivemos e funcionamos em rede cooperativa. Do micro molecular ao macro relacional estamos conectados em redes. O organismo vivo existe em redes sistêmicas equilibradas. Quando esta rede sofre alguma alteração, todo o organismo sofre as consequências.Estamos em redes sociais, relacionais. Por espelhamento vamos aprendendo, repetindo e transformando, mas sempre na rede. Aparentemente é tudo muito claro e evidente porém, no funcionamente grupal ainda somos muito incipientes, infantis. Quando somos convidados a agir nas redes parceiras e cooperativas, atitudes egoístas, imaturas emanam com intensa rapidez, comprometendo ações que poderiam funcionar com muito mais eficácia. Sair das hierarquias de dominação para transitar nas hierarquias de realização, ainda é um enorme desafio para o humano. São territórios a serem construídos, maturados e aprendidos. Embora que as redes digitais e tecnológicas estejam tão presentes em nossas vidas, no momento em que somos solicitados a cooperar e compartilhar, sentimentos egoístas ainda se fazem presentes.Oferecer conhecimento e experiência é assustador. O exercício da solidariedade na responsabilidade pode ser um bom começo. Há que tentar!
Abraços ****
Vivi

SER HUMANO – VALORIZAR E PRIORIZAR

O humano se encontra diante de um grande desafio : valorizar para priorizar o SER HUMANO em todas as suas dimensões. O mecanicismo, a biologização, o biopoder,a tecnologia, a midia capitalista tem apresentado o Ser Humano coisificado, descartável,materializado, reduzido a explicações e idealizações. As tensões sociais capturam as formas somáticas nas expressões gestuais, comprometendo a integralidade com todas as possibilidades evolutivas, históricas do Ser Humano vivo, relacional, funcional,operacional, cognitivo,emocional.Frente as forças sociais do capitalismo de mercado, como priorizar e valorizar o Ser Humano com sua potência criativa e criadora? Se faz relevante um pacto do conhecimento humano com as forças da natureza, conjugando aprendizagem, operacionalidade e espiritualidade.A consciência do ser humano é também uma expressão evolutiva, há que ser contemplada.
Abraços ****
Vivi

BASTA UM SEGUNDO ….

A vida acontece, ela quer passar, segue a sua ordem.Vida é movimento e interdependência. A vida acontece nas ligações, na conectividade.O humano vivo em suas relações, dentro dos territórios por onde habita,no mais profundo e interior de Si como no mais externo e superficial de Si,está em permanente mudança.O vivo se regula dentro da ordem evolutiva e com as regras da evolução, mas tudo está em permanente mudança. Aparentemente o Ser Humano, tecnológico se diz controlador das mudanças, com previsibilidade. Porém existe igualmente uma dimensão onde toda a ciência e todo o aparato tecnológico não consegue penetrar. A vida vai vivendo nos acontecimentos, nos encontros e basta um segundo e toda uma tragetória é alterada.Talvez o segredo seja muito mais simples: viver plenamente cada segundo e simplesmente deixar que a vida se manifeste na sua potência, reconhecendo o que é potente e o que enfraquece. A potência da vida está na qualidade, no COMO viver.Se a interdepência é uma realidade, quem sabe, momento a momento gerar mais amorosidade, alegria, gentileza, respeito,cordialidade, compreensão… de tal forma que a vida possa fluir mais e mais potente em todos e em cada um.
Abraços ****
Vivi

SEMEANDO NO JARDIM DA EXISTÊNCIA

Inexoravelmente iremos colher os frutos de nossa semeadura. Cordialidade,humildade, gentileza, amorosidade, generosidade, calidez, suavidade,alegria,beleza, contentamento … se estas forem as sementes cultivadas, estes serão os frutos que colheremos ao longo do nosso viver. Caso contrário, o entardecer da nossa existência poderá ganhar cores sombrias e obscuras. Lembrando que cada um de nós é absolutamente responsável por sua existência e iremos colher apenas os frutos de nossa semeadura. O tempo não é tão longo quanto imaginamos. Uma certeza temos: iremos todos, um dia cair da árvore da vida. As sementes precisam de tempo de cultivo. Cultivo em terra boa, fértil, alimentada com atencioso cuidado e determinação, pois muitas são as interpéries. A lei de causa-e-efeito é real, portanto atenção :quem semeia ventos, tempestades irá colher!Então, o que você tem semeado no jardim de sua existência? As boas sementes estão sempre disponíveis e sempre é tempo para mudanças, afinal o sol nasce para todos.
Abraços ****
Vivi

CORPOS APRENDEM COM OS CORPOS

Imitando,fazendo, refazendo,experimentando,pausando,fazendo mais e fazendo menos,adaptando,criando….são inúmeros os dispositivos que o Sistema Nervoso traz ao longo do processo evolutivo, para maturar e vingar o adulto alfa, capaz de prosseguir como canal de passagem para a vida. Os corpos se afetam mutuamente e nos encontros aprendem a fazer corpo. Os territórios, os ambientes, os acontecimentos geram excitações, e formas somáticas são selecionadas, para sustentarem-se nos encontros.O sistema de aprendizagem é permanente no vivo e é na rede que a formatividade acontece, afinal não fazemos futuro sozinhos.A conectividade faz parte do vivo. Quanto maior o encaixe melhor a conectividade.
Abraços ****
Vivi

PRESENÇA E POTÊNCIA

Estar na potência é estar na presença plena de um corpo que vibra, que tem aspirações e vontades. É um corpo que exerce uma ação que vai na direção de suas aspirações porque é agente de si mesmo,se recusa a ser agido, a se deixar ser agido, mas assume por escolha pessoal ser agente de si mesmo, se AUTO manejar no pensar, no sentir e no agir. A potência se expressa na presença através dos gestos, da entonação da voz, do olhar, da postura, das palavras nas narrativas. A vida é potente. Ocorre que a prepotência da ignorância, ancorada nas ilusões, subtrai a força vital da potência.As falsas verdades aprisionantes,a aceleração que impede a reflexão e o bom senso, esgotam o potencial da vida. A prepotência que busca o fortalecimento de si pela subjugação e ou eliminação do outro, vai bloqueando a potência nas presenças do viver. Portanto ATENÇÃO, cuidado sempre, afinal a vida é potente mas também efêmera.
Abraços ****
Vivi

MUDAR DE EMPREGO OU ……….

Toda mudança requer coragem, determinação, clareza, discernimento e vontade.Muitas vezes queremos mudar, mas não sabemos exatamente o que mudar e como mudar. As mudanças estão diretamente vinculadas ao tempo,que é um fator importante da mudança: quando e em que velocidade.Sem alguns destes requisitos podemos facilmente confundir o processo, estagnando em zonas de conforto ou tomando decisões e direções inadequadas e com elas sofrendo as consequências muitas vezes danosas,comprometendo o pessoal e o relacional.O que queremos: mudar de emprego ou mudar o emprego de nossa vida? Sem potência não há como alimentar nem produzir força volitiva, para gerar o querer investir em outras e novas direções. A carência de potência é um dos fatores que comprometem a sintonia com territórios psicossociais, impedindo a tomada de decisão.Qualidade na presença, atenção plena, boa vontade, flexibilidade, adaptabilidade, são elementos muito importantes,porém sem saber o que se quer da vida, que significado ela tem e para qual direção conduzi-la, corre-se o risco de confundir:em querendo mudar o emprego da minha vida acabo apenas mudando de emprego !!!
Abraços ****
Vivi

PEIXE OU AQUÁRIO ?

Quando observamos um peixe vivo, em movimento dentro de um aquário com água, vemos um peixe e um aquário, dois objetos isolados, ou podemos ver a relação peixe-aquário,considerando a natural interdependência? Podemos compreender que o sujeito não está separado do objeto? Mas que eles inter-são? A insegurança mental, gerada em grande parte pela ilusão, ofusca a percepção, confunde o olhar e acabamos vendo o peixe e o aquário separadamente. Esta maneira falsa de lidar com a realidade, tem como foco central a ilusão. A mente condicionada não é capaz de ver que, sujeito e objeto se fundem na relação vincular, na co-dependência. O condicionamento acostumado com a separação, com as partes isoladas do todo contextual, não consegue apreender a relação de interdependência. Neste Universo, tudo depende de tudo, porque tudo está em relação. Criamos a falsa ilusão de um “Eu” independente e dizemos ” Eu sou mais Eu”, “Eu me basto”. Pura ilusão, porque ninguém está sózinho. Dependemos uns dos outros.Nem peixe nem aquário mas peixe-aquário, aquário-peixe.
Abraços ****
Vivi

ENFRAQUECENDO O GESTO

O gesto é a expressão do ser interior. Quando estamos conectados com a nossa potência toda a expressão da nossa corporeidade é afetada e se revela em nossos gestos. Na potência o gesto é criativo, vigoroso,iluminado.Quando as forças repressivas se apossam do nosso ser, o gesto perde seu brilho, se desorganiza, fica soterrado na impossibilidade de se esboçar.Habitar territórios que viabilizam encontros e afetos onde a criatividade tem espaço potente para se expressar, talvez possa ser uma escolha mais que inteligente, uma escolha de sabedoria. Ficar aprisionado em territórios padronizados e condicionantes, nos enfraquece,gera medo, desconfiança,subtrai a potência e entristece. Alegria é potência, mas requer qualidade na presença, momento a momento, portanto atenção. Cultivar alegria e bom humor é um caminho para a maturidade.
Abraços ****
Vivi

É FAZENDO QUE SE APRENDE

Informação sem reflexão é cumprir tarefas, é repetir no condicionamento. O conhecimento só tem sentido quando ele passa pela reflexão, pelo processo interno de conexão com outros conhecimentos, lembranças e experiências.O conhecimento pelo conhecimento se torna informação, que gera ilusão e obstaculiza a descoberta. O conhecimento precisa de espaço para ser refetido e transformado e é no fazer que gera experiência, onde o conhecimento pode reverter-se em sabedoria. A sabedoria é a consequência de inúmeros fazeres, geradores de muitas experiências.É no fazer fazendo, que a aprendizagem tem a possibilidade de acontecer.Todo processo de mudança está centrado no fazer,no refletir, na experiência encarnada e vivida, em que podemos dizer com total clareza : “é disto que eu estou falando!”
Abraços ****
Vivi